Voluntários são preciosos!

Atualizado: Jun 29

Vira e mexe me pego em crise quando o assunto é voluntariado. Também, já fui criticado pela forma como penso o assunto. Ah! E também já ouvi aquelas "cornetadas" nas redes sociais da ChurchCOM que tenho falado e valorizado pouco o voluntariado de comunicação por aqui. Pensando sobre o assunto nesses dias, acho que boa parte das críticas, minhas ou de terceiros tem algum sentido, mas de maneira nenhuma anula minha convicção de que o voluntariado é precioso e uma benção nas igrejas e que precisa ser cuidado com a "jóia da princesa". Afinal, uma igreja não sobrevive e não se movimenta sem voluntários.


Por conta disso, vou colocar meu ponto de vista para tentar explicar o porque tenho falado pouco sobre voluntariado aqui. Primeiro de tudo, este canal fala sobre comunicação de maneira geral. Voluntário ou não, estamos falando que comunicação é uma ferramenta para a missão de Jesus e não há diferença de perfil, modelo de contrato ou função nisso. Estamos em missão, somos chamados por Jesus para anunciar o reino e, "by the way", somos comunicadores. Isso nos define e nos convoca. Esqueça as caixinhas e hierarquias.  Primeiro ponto resolvido. O conteúdo que escreve, gravo, falo, treino é para todos!


O segundo ponto é que, também, estimulo que as igrejas e líderes entendam que a comunicação precisa ter uma espaço mais relevante nas estruturas das igrejas. E, aqui, estou falando claramente para pastores. "É preciso contratar uma pessoas responsável, em tempo integral", para auxiliar a igreja a desenvolver melhor seu conteúdo e a se comunicar melhor". O volume, exigência e velocidade desse tipo de trabalho é avassalador e, tenho convicção (por já ter vivido por algum tempo nesta função), de que não é possível desempenhar esta função com alto nível dividindo o tempo com trabalho, famílias e a igreja.


Terceiro e último ponto. Os voluntários são preciosos, importantes e uma benção! Só por estes três pontos, eu me obrigado a trazê-los para o que eu tenho de melhor em atividade! Penso que o trabalho voluntário na área de comunicação precisa ser leve, extensão de um tempo de adoração. Isso é muito diferente do que adicionar pessoas, com pouco tempo e muito coração, em uma linha de produção com prazo, tempo, guides e chatices que são inerentes da produção da comunicação! O voluntário é muito melhor aproveitado quando podemos usá-lo no culto, nos eventos, nas forças tarefas em que vemos a missão da igreja acontecendo "ao vivo", por exemplo! Na minha cabeça, o servir é parte da adoração e, de maneira nenhuma, pode absorver rotinas, ser mecânico, chato ou pesado. Servir é parte do culto a Deus e, para isso, é preciso que cada um de nós esteja inteiro, de coração com conectado com Jesus (João 4:24). Afinal, comunicação é missão e o resultado do trabalho é tocar vidas, curar pessoas, apresentar Jesus. 


Voluntários são preciosos! Há dois dias tenho tido experiências muito legais na caminhada com meus voluntários na IBMorumbi. Em nenhuma dessas experiências falamos de banner, peças, prazos, posts. Em todas elas, compartilhamos histórias, gastamos tempo aprofundando nossos relacionamos. Em 100% delas, pudemos observar o toque de Jesus em nossa jornada.


Voluntários são preciosos! Servir é parte de nossa vida cristã!



Photo by Perry Grone on Unsplash

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • Branca Ícone Spotify

© 2020 customizado por ChurchCOM.com.br